Como aproveitar os momentos de crise para aprender

23/03/2020 Pessoas

Como aproveitar os momentos de crise para aprender

por Ana Carolina Verdi

 

Empresária rio-pretense, sócia-diretora do Cegente – Educação Corporativa. Diretora de Treinamento e Desenvolvimento da Acirp – Associação Comercial e Empresarial de São José do Rio Preto.

Desenvolveu este artigo para o #DesafioQuarentenaDaAtitude é um evento 100% online e gratuito promovido pela Aptitude que tem como missão contribuir, por meio de 5 palestras com especialistas de São José do Rio Preto e de nosso país, com 40 atitudes que podem ser tomadas por empresários (as) e profissionais diante da pandemia do novo coronavírus, que vem afetando fortemente e economia brasileira e mundial.

A Aptitude é uma empresa apaixonada por educação e comunicação. Percebemos, nesse momento, a importância de uma comunicação assertiva e ressaltamos que a forma como nos comunicaremos, pessoalmente ou online, definirá nossos resultados pessoais e profissionais em um momento de crise.

 

APRENDER OU APRENDER?

No início de nossa pauta, discutimos sobre como e o que aprender nesse momento. Aprender no sentido de aproveitar a crise para se capacitar, adquirir novas habilidades e realizar cursos ou aprender no sentido de olhar para o que está acontecendo e evoluir diante disso? Falamos dos dois! É muito importante aproveitar esse momento para obter mais conhecimento e novas habilidades, mas também será necessário olhar para esse momento e pensar: o que isso me ensina para o meu futuro e o que levarei disso quando essa crise passar?

 

REAPRENDER A VIVER

Esse momento difícil, sem dúvidas, nos leva a reaprender a fazer negócios, a ter uma boa liderança e a viver. O processo de aprendizagem não pode ser confortável. Então, se está desconfortável para você, com certeza você aprenderá mais. Pense: a forma que aprendemos a trabalhar caiu por terra no dia de hoje. Muito provavelmente você deverá reaprender a trabalhar e reaprender a ser um profissional eficiente nesse novo mundo. Mas essa nova forma que aprenderá nunca será esquecida e, a partir dela, você poderá ter melhores resultados.

 

SER ADAPTÁVEL

Você poderá aprender com tudo que está passando nesse momento. Quanto mais você se adaptar nesse momento (e mais rápido), mais você poderá obter resultados diferentes. Para isso, é preciso calma e, principalmente, resiliência.

 

5 ATITUDES RECOMENDADAS POR ANA CAROLINA

1. TENHA FOCO

Estamos em um momento muito positivo para quem quer aprender. Quantas lives, cursos gratuitos e vídeos você tem visto ultimamente? Isso é incrível. Nunca compartilhamos e recebemos tanto conhecimento. Mas Ana nos alertou: é preciso ter foco, porque se nos dedicarmos a assistir e aprender tudo, talvez não aprenderemos aquilo que mais precisamos nesse momento. Pense como se fossem canais de TV, você tem vários programas para assistir, mas sempre decide por aquele que irá, de fato, contribuir com você.

2. SEJA PRÁTICO

Preciso aprender o que? Se você precisa aprender mais sobre Fluxo de Caixa, decida consumir conteúdos práticos que permitam você a aprender mais rapidamente e NA PRÁTICA. A teoria é necessária, mas se nos prendermos somente a ela, a crise passou e você não fez nada.

3. SEJA ÁGIL

Aperfeiçoe sua habilidade de aprender mais em menos tempo. Como escolher bem (foco) e ser prático (praticidade) para aprender muito mais em menos tempo?

4. SEJA DISRUPTIVO

Não precisa reinventar a roda. Apenas pense como você pode aprender algo de uma maneira diferente que possa te dar agilidade. Ler um livro é ótimo, mas será que um podcast com uma maior aplicabilidade não será mais disruptivo e te dará mais agilidade?

5. ESTEJA ABERTO PARA APRENDER A APRENDER

Segundo Ana, essa atitude fecha o ciclo. Nunca fez tão sentido o termo “aprender a aprender”. Ou seja, estamos tão condicionados a aprender de uma forma, mas testar novas formas de obter conhecimento e habilidades podem me ajudar. É preciso, então, aumentar sua capacidade de aprender de uma forma mais eficiente.

Obrigado por sua atenção.